Destaque Release

Consulta On-line da Unimed-BH alcança 500 mil atendimentos

Pessoas de todas as idades já aderiram à telemedicina e destacam sua comodidade, além de maior segurança em meio à pandemia

O serviço de telemedicina já é uma realidade para a população de Belo Horizonte e região metropolitana. Uma prova dessa adesão é o registro de meio milhão de atendimentos a distância realizados pela Unimed-BH. Pioneira na oferta do serviço de Consulta On-line Coronavírus em sua área de atuação, a Cooperativa inaugurou a teleconsulta em março de 2020. Um ano depois, em março deste ano, ampliou ainda mais as opções para essa modalidade, com o lançamento de um novo serviço: o Pronto Atendimento On-line (PA On-line). Ambos os serviços não têm cobrança de coparticipação e estão disponíveis para todos os mais de 1,3 milhão de clientes da Unimed-BH em Belo Horizonte e região.

Segundo o diretor-presidente da Unimed-BH, Samuel Flam, a consulta on-line foi um serviço inovador que trouxe mais praticidade e segurança para as pessoas durante a pandemia. “O marco de 500 mil atendimentos demonstra a assertividade da nossa estratégia e também a alta aceitação dos clientes. Fomos pioneiros no lançamento da telemedicina como uma ferramenta para apoiar a assistência durante a pandemia. Desde o início da Consulta On-line Coronavírus houve uma redução de quase 50% no número de atendimentos presenciais nas unidades de pronto atendimento da rede própria da Cooperativa, contribuindo para proteger os nossos clientes do risco de contágio”, afirma.

O Pronto Atendimento On-line também tem tido grande adesão dos usuários. Voltado para pequenas urgências, o PA On-line oferece as especialidades Clínica Médica, Medicina de Família e Comunidade e Pediatria. A média mensal de atendimentos é de 200 por dia e a maioria dos casos que são agendados no Pronto Atendimento On-line são solucionados e não evoluem para o atendimento presencial. “A nossa taxa de resolutividade é de 91% porque são casos de pequenas urgências em que o médico pode concluir o diagnóstico a distância”, afirma o diretor-presidente.

De acordo com o executivo, mais de 750 médicos, de várias especialidades, passaram pela Central Consulta On-line da Unimed-BH e estão comprometidos com esse formato de atendimento. “Todos foram capacitados para o atendimento on-line, conforme o protocolo clínico e de acordo com as recomendações vigentes’, explica Samuel Flam. O serviço também  registra avaliação positiva pelos clientes. O Net Promoter Score (NPS), uma métrica usada pelas principais empresas do mundo para medir o grau de satisfação e lealdade dos clientes, acumulado é 87 e está na zona de excelência, refletindo o grau de recomendação do serviço por parte dos beneficiários do plano de saúde”, reforça Flam.

Segurança e comodidade

A professora Paula Zumpano Tassara, moradora de Betim, foi uma mineira que optou pela consulta on-line. Isolada em razão da pandemia da COVID-19, Paula começou a sentir vertigens ao realizar pequenas atividades, como usar o celular e se locomover dentro de casa. Como ela tem casos de labirintite na família, pensou em procurar um médico.

“Era final de abril e os hospitais de Betim e da região metropolitana estavam com alta ocupação. Como estava cumprindo o isolamento social corretamente, optei por uma consulta on-line”, relata. Como cliente da Unimed-BH, Paula foi atendida pelo Pronto Atendimento On-line (PA On-Line), serviço de teleconsulta voltado para pequenas urgências, inaugurado em março. “Entrei no aplicativo da operadora e agendei um horário no mesmo dia. Durante a teleconsulta, a médica me tranquilizou e disse que realmente se tratava de labirintite e ainda reforçou que o atual momento de isolamento poderia favorecer o aparecimento desses sintomas”, alertou. “Senti uma enorme segurança e comodidade em fazer a consulta a distância e, após receber a receita médica, também comprei os meus medicamentos pelo aplicativo da farmácia. Em poucas horas, eu já estava medicada, sem sair de casa”, disse. Paula relatou ainda que já usou o serviço de telemedicina outras vezes, quando teve sintomas respiratórios.

Atendimento a distância pode salvar vidas

A telemedicina também pode ser a porta de entrada para a avaliação de casos mais graves. Como ocorreu com o eletricista industrial Nelson Antunes do Carmo, que procurou o serviço de Pronto Atendimento On-line da Unimed-BH devido a uma infecção na região do pescoço. “No mês de abril, ainda no auge dos casos da COVID-19 em Belo Horizonte, busquei atendimento on-line. Após a avaliação médica pela teleconsulta, fui orientado a procurar um especialista presencial”, afirmou.

Nelson foi encaminhado, então, para um dermatologista no Centro de Promoção da Saúde (CPS) – Unidade Barreiro. No consultório, segundo contou o eletricista, o médico examinou a infecção, passou os medicamentos para o tratamento e acabou fazendo uma avaliação mais detalhada. “Na ocasião, ele também examinou uma pinta que eu tinha no pé e indicou uma biopsia. Após os exames, recebi o diagnóstico de melanoma, um tipo de câncer de pele já em estágio avançado”, relata Nelson. Com o resultado da biopsia em mãos, ele foi direcionado para um especialista em oncologia e passou por uma cirurgia para a retirada do câncer. “Hoje, tenho ido ao CPS semanalmente para trocar os curativos. Durante todo o processo, desde a consulta on-line até agora, fui muito bem atendido e orientado por toda a equipe e agradeço a atenção dos profissionais que me ajudaram nesse momento”, relatou Nelson.

Serviço atende todos os públicos

Apesar da consulta on-line atrair a atenção dos mais jovens, já que a principal faixa etária que utiliza o serviço está entre 30 e 39 anos, os idosos também estão aderindo ao atendimento médico a distância. Para a supervisora de atendimento Marciléa Alves Leão Duarte, o Pronto Atendimento On-line foi a melhor maneira de levar assistência médica à mãe, Vitalina Leão, de 71 anos, que passou por um mal-estar durante a pandemia. “Minha mãe já apresentava sintomas de diarreia, dor de cabeça e náuseas há cinco dias. Por ser uma pessoa idosa, fiquei com receio de levá-la ao pronto-socorro e lembrei-me do PA On-line. Consegui fazer o agendamento pelo aplicativo da Unimed-BH no mesmo dia. O médico foi muito atencioso, avaliou as queixas clínicas e fez a prescrição. Com a receita em mãos, eu acionei a farmácia e, em algumas horas, já estava com os medicamentos”, afirma a supervisora.

Segundo Marciléa, a mãe estava acostumada às idas ao médico e ficou surpresa ao fazer uma consulta pelo celular, sentada na cozinha da sua casa, em pleno domingo. “Ela ficou admirada com toda essa modernidade. Sei que os idosos têm mais dificuldade de entender como funciona uma consulta médica a distância, mas vale pela praticidade e ainda colocamos a segurança deles em primeiro lugar”, disse.

SERVIÇO

Como acessar: www.unimedbh.com.br/conectasaude

O agendamento é rápido e simples. O cliente pode utilizar a plataforma desde que tenha acesso à internet, bem como computador, tablet ou celular.

:: Pronto Atendimento On-line

Horário de funcionamento: de 7h às 21h45, sete dias da semana

Sintomas: cefaleia; dor lombar; diarreia; vômito e/ou náuseas; dor ou urgência para urinar; irritação, coceira e olhos vermelhos; febre, dor no corpo, dores das articulações; dor atrás dos olhos; perda de apetite; manchas vermelhas na pele ou dor abdominal.

:: Consulta On-line Coronavírus

Horário de funcionamento: de 7h às 21h45, sete dias da semana

Sintomas: febre, dor de cabeça, tosse, coriza, dor de garganta e/ou dificuldade para respirar.

Related Posts